Cateteres Implantáveis de quimioterapia

O que é? Uma cirurgia que permite um acesso permanente ao sistema venoso profundo por um implantado no paciente, para tratamentos para câncer que incluam a quimioterapia.

Dominância coronariana em corações humanos em moldes por corrosão

Objetivo: Esse trabalho tem como objetivo analisar os padrões de dominância circulatória de corações humanos, o número de ramos que a artéria coronária direita fornece ao ventrículo esquerdo, o número de ramos que a artéria coronária esquerda fornece ao direito e a presença de anastomoses intercoronarianas, com sua localização e frequência.

Anel vascular associado a divertículo de Kommerell: relato de caso

Relato do tratamento cirúrgico de anel vascular (arco aórtico à direita e origem anômala de artéria subclávia esquerda) relacionado a divertículo de Kommerel, com realização de secção de ligamento arterial, rafia de divertículo e reimplante de artéria subclávia esquerda em carótida ipsilateral, por toracotomia esquerda, em uma paciente de 13 anos.

Tratamento cirúrgico de teratoma intrapericárdico em lactente

Os tumores cardíacos intrapericárdicos são pouco freqüentes, porém, as manifestações clínicas podem ser graves, até com sintomas de baixo débito ou choque cardiogênico, dependendo da localização do tumor. Relatamos o caso de um lactente com três meses de idade, que apresentou na evolução choque cardiogênico, em decorrência de um tumor intrapericárdico, comprimindo o átrio direito e a veia cava superior. Indicada operação de urgência para ressecção da massa tumoral, apresentou adequada evolução até seis meses de pós-operatório.

Homoenxerto mitral: uma realidade

Fundamentos: A utilização de homoenxertos valvares aórticos criopreservados está associada a excelente qualidade de vida, com baixa morbidade e durabilidade satisfatória. Espera-se obter resultados semelhantes em posição mitral com o emprego de homoenxertos mitrais criopreservados.

Operação de Ross: a intervenção ideal para pacientes aórticos jovens?

Fundamentos: Próteses valvares aórticas com desempenho hemodinâmico adequado possibilitariam maior regressão da hipertrofia ventricular e normalização da função ventricular. Isto possivelmente tenha implicações importantes no prognóstico tardio após a substituição da valva aórtica.